Motorista de app é o futuro?
07/07
Doutor Multas

As empresas de motoristas de aplicativo chegaram no mercado como mais uma opção para um indivíduo se locomover e é uma mão na roda para aqueles que não têm veículo próprio ou que não querem ter a preocupação de conduzir um carro depois de tomar uma cervejinha. Atualmente, por exemplo, a Uber tem, aproximadamente, 200 mil condutores, 8 milhões de utilizadores e foi avaliada em 51 bilhões de dólares.

bruno

No caso específico do Uber, existe uma grande polêmica em torno desse assunto por conta dos taxistas. Segundo a categoria, os motoristas de app estão exercendo ilegalmente a profissão, pois não têm licença para prestar serviços de transporte público. Logo, ficam isentos de todos os processos caros e custosos para obtenção de alvará – obrigatório para quem conduz táxis.

Por conta disso, algumas cidades e prefeituras não aceitam o serviço. No Rio de Janeiro, por exemplo, a Secretaria de Transportes (SMTR) afirma que a empresa é ilegal, porém, o processo foi arquivado pelo Ministério Público Estadual no ano de 2014.

No entanto, Fábio Sobba, responsável pela Uber no Brasil, afirma que a empresa está dentro da legalidade.

A grande questão é que ainda não há normas específicas para a economia compartilhada – tanto aqui como em muitos países lá fora. É o caso da França e Portugal que chegaram até ter caso de manifestações (muitas delas agressivas) por conta dessa disputa entre motoristas de Uber e taxistas. No Brasil, houve casos de depredações de veículos e pessoas agredidas.

Embora exista uma grande discussão sobre a prática ser legal ou não, as vantagens que o serviço traz são inegáveis. Por isso, apesar de não termos certeza se a Uber é o futuro, estamos certos de que, sim, ela pode ser. Afinal, esses aplicativos unem três questões fundamentais: locomoção, escolha e praticidade.

Gostou da nossa matéria? Comente! E fique por dentro de mais novidades no Blog da Ituran e no Doutor Multas

Voltar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>